setembro 28, 2008

Lápis Aquareláveis


Gente, estava louca para fazer um Scrap usando lápis aquareláveis, mas o preço deles aqui no Brasil é absurdamente caro, não valem o que estão cobrando no mercado. Eis que meu esposo foi atender um chamado na Colômbia essa semana e trouxe uma caixa para mim com 30 lápis macios, de cores maravilhosas, por um bom preço! Aí, já fui dormir pensando no que começar a fazer com eles. Amanheci com o bichinho do Scrap me cutucando e, seguindo a linha da minha scrapfriend Karen, mais que depressa peguei um papel Paintable da Prima Marketing que comprei na Brazil Scrapbooking Show 2008 + pincel zero + os lápis e me sentei. Logo me lembrei de um buquet de flores tropicais que recebi uma vez e A-M-E-I a vibração das cores. Então, aí vai um click para quem aprecia handmade paper design e tb, lápis aquareláveis. Pintura exige apenas atenção para criarmos luz e sombra na medida certa, além de procurar harmonizar as cores e Aquarela exige a utilização parcimoniosa de água para que não borre, nem enrrugue o papel. Experimentem, pois tenho certeza de que vão adorar o resultado! Esta foto que estou postando é da pintura de uma flor em específico. Notem que fiz rabiscos leves de marrom, depois acrescentei rabiscos leves de vermelho na borda de cada pétala. No meio fiz rabiscos de laranja e nas pontinhas de amarelo. O miolo é marron com leves riscos de preto. Começamos a pintar com pouquíssima água da ponta amarelinha para o meio, apenas, de cada pétala, de forma rápida, com leves pinceladas, vamos pintar a ponta de todas as pétas de uma tacada só. Depois recomeçamos, pétala por pétala, do meio em laranja para a borda marron. Agora, a cada pétala, é necessário lavar o pincel e retirar o excesso de água para começar uma nova pétala. Por último, damos somente uma leve pincelada no miolinho, para não borrar o resto da flor. DICA 1: reserve um pano de prato velho de algodão puro, apenas para trabalhar com tinta e pincéis. DICA 2: Para prolongar a vida útil de seus pincéis, evite apertar o pincel no vasilhame de água ou no pano e nunca deixe ele de cabeça para baixo por muito tempo. Lave-os assim que terminar um trabalho, ou, se necessário for, deixe-os de molho deitados na horizontal, só com água e uma gotinha de sabão de côco líquido, quando trabalhar com tintas à base de água. Viram com é mais fácil do que parece? Ousem e divirtam-se, vão ver que o resultado personalizado é fantástico!.

2 comentários:

Karen Christianne disse...

Tbm adoro lápis aquarelável!!!
E esses papéis são lindos de viver né!!!
Bjo pra vc!

kaká disse...

Legal Julia!!!Boa sorte com o blog!!!!bjs